© 2016

0800 900 9000 - Televendas

contato@lcs.com.br

OSG Sul Americana reduz custos e garante maior agilidade operacional com otimização do Data Center

Cenário Anterior

 

Alinhado ao negócio e com foco em redução de custos operacionais, o departamento de TI da OSG SULAMERICANA, trabalha continuamente para prover informação ágil e correta, para melhor atender aos clientes, bem como subsidiar a tomada de decisões internas da empresa.

 

Diante destes objetivos, viu-se frente a um desafio: parque de

computadores atingindo o fim da sua vida útil e Data Center já defasado; as garantias estendidas dos fabricantes dos PCs e servidores utilizados na empresa iriam expirar em poucos meses, a crescente demanda por ainda mais redução de custos, além de iniciar o processo de integraçãode dispositivos móveis na corporação.

 

A Solução

 

Virtualização; Thin Clients para os usuários e um novo modelo de Data Center, desenhado a quatro mãos junto com a LCS, uma das maiores integradoras de soluções de TI do país e parceira da OSG SULAMERICANA, do qual já é possível medir o retorno de investimentode R$ 900 mil.

 

A solução criada em conjunto com a LCS envolveu a troca do ambiente físico, composto por PC´s e um Data Center convecional para um Data Center moderno, virtualizado, altamente escalável e gerenciável.

 

“Desde o início do projeto, já considerávamos um ambiente virtualizado, por suas inúmeras vantagens, tais como facilidade no gerenciamento, trocas emanutenções remotas mais rápidas, além de a possibilidade de inserirmos sessões remotas para usuários de tablets e, até mesmo, smartphones da empresa”, explica Paulo Bergamini, CIO da OSG SULAMERICANA.

 

A Arquitetura do Projeto

 

A infraestrutura do Data Center foi desenhada com soluções da IBM, de modo a garantir a robustez, confiabilidade e escalabilidade doambiente. Para o banco de dados foram adquiridos servidores IBM Power, que oferecem uma comprovada combinação de performance e confiabilidade para este tipo de ambiente. Para os servidores virtuais, a solução escolhida foi o Citrix XenServer.

 

Para atender às necessidades de armazenamento de dados comuns aos dois ambientes, o sistema de armazenamento Storwize V7000 trouxe uma plataforma extremamente amigável e flexível.

 

Completando a infraestrutura, o ambiente de backup da empresa foi baseado na combinação ProtecTier e Tivoli Storage Manager.

 

O ProtecTier possui uma tecnologia de backup em disco que emula drives de fita (Virtual Tape Library – VTL), permitindo que o backup e a recuperação sejam feitos muito mais rápidos que os backups tradicionais em fita. Além disso, a tecnologia de deduplicação permite uma significativa redução de espaço ocupado em disco.

 

Já o Tivoli Storage Manager é uma solução líder de mercado para gerenciamento de backups. Possui características e funcionalidades, algumas das quais exclusivas, que lhe permitem atender desde empresas pequenas até grandes corporações com grande confiabilidade.

 

A partir disso, todo o Data Center passou a operar com servidores virtuais. Do lado dos usuários, foram 120 licenças de Citrix XenDesktop Enterprise, mais de 50 Thin Clientes NSeries, da NComputing.

 

Com a redução de 21 servidores para apenas 6, o processo de

backup que j á chegou a levar 18 horas, hoje é feito em apenas 3.

“Sem contar a economia de energia”, acrescenta o CIO.

 

A OSG SULAMERICANA chegou a ter mais de 30 fontes de 450

watts rodando no Data Center. Hoje, ocupando um espaço menor e precisando de menos refrigeração, são apenas 12 fontes gerando calor e consumindo energia.